Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida com dois sentidos

Vida com dois sentidos

As pessoas não percebem... Tu não percebes...

 

Ontem tive a prova que as pessoas não percebem o que significam para mim. Não percebem que os meus amigos são um parte muito importante na minha vida e que isso faz com que eu seja muito agarrada a eles. Não percebem que eu dou imenso valor aos meus amigos. Não percebem...

Sinto-me frustada e ao mesmo tempo magoada por ver que ninguém consegue ver o que realmente é importante para mim. Faço de tudo para demonstrar o quanto gosto das pessoas e o quanto significam para mim, mas mesmo assim parece que ninguém entende e vê como as coisas são realmente.

Gostava realmente de ver-vos a entender que quando eu digo que vocês são tudo para mim é porque são mesmo tudo para mim. Gostava que tu percebesses que TU és muito para mim, que por seres quem és na minha vida há um lugar muito especial no meu coração para ti e que és a minha irmã que não tenho (só tenho irmãos), és a minha melhor amiga. Espero que tu, um dia, entendas o que é que isso quer dizer, pois a mim parece-me que tu não tens bem a noção do que quer isso dizer. Talvez as nossas definições para melhor amiga sejam diferentes, mas eu quero que tu percebas a minha.

Espero que todos entendam quem eu sou realmente e de como lido com isto.

Avesso

 

"Somos o avesso um do outro. Quando duvidas, paras, e eu sigo em frente. Quando tens medo, eu tenho vontade; quando sonhas, eu pego nos teus sonhos e torno-os realidade, quando te entristeces, fechas-te numa concha e eu choro para o mundo; quando não sabes o que queres, esperas e eu escolho; quando alguém te empurra, tu foges e eu deixo-me ir.
Somos o avesso um do outro: iguais por fora, o contrário por dentro. Tu proteges-me, acalmas-me, ouves-me e ajudas-me a parar. Eu puxo por ti, sacudo-te e ajudo-te a avançar. Como duas metades teimosas, vivemos de costas voltadas um para o outro, eu sempre à espera que tu te vires e me abraces, e tu sempre à espera que a vida te traga um sinal, te aponte um caminho e escolha por ti o que não és capaz."

 

Margarida Rebelo Pinto

Pág. 1/5