Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida com dois sentidos

Vida com dois sentidos

Desculpem...

Gente gira nos próximos tempos, provavelmente, não vou puder vir cá. O meu pc avariou, por isso só posso vir cá pelo telemóvel, mas nem sempre dá.
Quando puder postar qualquer coisa, posto...
Espero que não me \"abandonem\". (:

Exames Nacionais


Já estou de "férias"!
As minhas aulas acabaram na sexta feira passada, mas ainda me faltam os exames.... :C

Sinceramente, com a confusão que tem havido com o Ministério da Educação e o Sindicato, acho que este ano os exames vão ser grande porcaria (mais que nos anos anteriores) e que os alunos vão sair muito prejudicados no meio disto tudo, mas temos de aguentar...

Vou fazer exame a Literatura e a Alemão, mas vou a exame sem saber as minhas notas, visto que elas só saem depois das notas dos exames (pelo menos é o que dizem) por causa das greves.
Sei que vou ter 16 a Literatura, mas a Alemão vou às cegas...

Por isso, por enquanto, aqui estuda-se....

Pimpas ♥




Eu sei que tu não entendes certas coisas em mim e não entendes o porque de eu ter tantas dúvidas sobre a nossa amizade e sobre o que eu sou para ti, mas acredita que te amo acima de tudo e todos.

Agradeço-te do fundo do coração tudo o que fazes por mim e por nunca me teres abandonado, mesmo quando eu te magoo com as minhas atitudes.

Provavelmente isto já não te diz nada, mas nunca te esqueças :

You're never gonna be alone!

It's that!

 

 


As pessoas entram e saem da nossa vida sem que nós consigámos controlar. A vida é um mar de começos, fins e recomeços. Um mar de desilusões, sorrisos e lágrimas.

Neste momento preciso de alguém que não questione, que esteja ao meu lado aconteça o que acontecer, que, mesmo que tenha dúvidas, não desista de mim. Preciso de alguém que me abrace e me diga que vai ficar tudo bem. Preciso de me sentir segura, de sentir que tudo o que fiz e faço vale a pena. Neste momento preciso de alguém que goste de mim exatamente como sou, que não me julge.

As desilusões já me levaram muito. Certas pessoas já tiraram "partes" de mim que nunca vou conseguir recuperar. Já chorei,ja sofri o que tinha a sofrer por esse gente que me encheram de promessas e, na hora da verdade, viraram costas como se nada se passasse.

Não acredito em contos de fadas, em amizades perfeitas e muito menos no para sempre. Acredito no trabalho, no empenho, no sentimento que cada um tem para com outra pessoa. Acredito em olhares e em gestos, mas muito pouco em palavras porque as palavras toda a gente as diz, mas, mais tarde, acabam por se tornar vazias. Acredito no presente, mas sempre com algum receio do futuro.

Para cada um de nós existe um amor verdadeiro, um/a melhor amigo/a, um caminho a ser percorrido marcado pelo destino ou pelo trabalho, esforço e escolhas que cada um faz.Será necessária sorte para encontrar essas pessoas que nos marcam para sempre? Será necessário fazer alguma coisa de especial? Não sei... Acredito que cada um faz a sua sorte e eu já comecei a fazer a minha.