Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida com dois sentidos

Vida com dois sentidos

A Madrinha!

12301638_1070194816326576_7774871601106406579_n.jp

 

Pois bem, é oficial, já tenho madrinha. Já aqui tinha dito que estou num grupo académico que faz a integração dos novos alunos sem recorrer a todas aquelas coisas que a praxe recorre, mas que tem muitas das coisas que a praxe tem como, por exemplo, o apadrinhamento.

A minha escolha foi totalmente da responsabilidade da minha madrinha. Não fui eu que a escolhi, mas sim ela a mim. Ou foi a vida que nos quis juntar sem nós darmos por isso. Soube que tinha de ser ela a partir do momento em que ela me abraçou a primeira vez. Não há qualquer tipo de explicação para aquilo que senti nesse momento. Foi como se algo me dissesse "é ela". Talvez por sermos as duas Catarina. Talvez por sermos as duas umas choronas. Mas tinha mesmo de ser ela.

Nunca conheci uma pessoa com um coração tão grande como o da Cá. Nunca conheci ninguém que se desse tanto aos outros como ela. É quase que impossível descrevê-la por palavras. É mesmo muito especial. E eu gosto tanto, mas tanto dela. 

Sei, com toda a certeza, que tenho a melhor madrinha! É das pessoas que mais me tem ajudado e que mais apoio me tem dado. É a pessoa a quem o beijinho e o abraço não pode faltar. Demosntrações de carinho são a ordem do dia. Como eu gosto disso...

No meio da minha desmotivação toda em relação ao curso, neste momento, sei que tenho a melhor pessoa comigo. Sei que vou ser muito bem acompanhada ao longo destes 3 anos e que vou ter momentos com ela que nunca mais me vou esquecer. 

És mesmo a melhor madrinha do mundo, meu docinho!