Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida com dois sentidos

Vida com dois sentidos

Liberdade de expressão

 

Cresci a ouvir falar da liberdade de expressão, de todo o direito que toda a gente tem em expressar as suas opinião. Vivo do lado Ocidental do mundo, onde as sátiras são levadas como meras brincadeiras e como algo com que se pode trabalhar e tirar conclusões sobre varios assuntos. Eu como uma aspirante a jornalista sei que o que move uma pessoa com esta profissão são as palavras e as imagens. É através delas que se expressa. É através delas que se faz chegar a mensagem.

A religião sempre foi um assunto extramamente sensível em todo o mundo e até porque é vivida de várias maneiras, o que eu respeito, mas não assim. O fanatismo para mim não tem qualquer tipo de justificiação. Tirar 12 vidas à conta de um cartoon que não passa de uma brincadeira não tem desculpa. Para mim, aquelas 2 ou 3 pessoas que tomaram a inciativa de se fazer ouvir através de armas e de atos bárbaros tomaram a pior das decisões. Por muito amor que tivessem à religião não há justificação para este tipo de atos. São vidas. São pessoas com família, com todo um caminho feito que certamente foi duro.

Sou favor da liberdade de expressão e sou adepta das palavras. Este tipo de atos serõ sempre condenados por mim e só me rest dizer que presto as condolências a todos os familiares que perderam pessoas neste atentado. Nada os trará de volta. Nem mesmo o castigo mais severo que possa ser aplicado aos culpados. A paz que seja encontrada e que aquelas 12 pessoas sejam sempre recordadas pelo seu trabalho e por todas as coisas boas que possam ter feito.