Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida com dois sentidos

Vida com dois sentidos

Maldito Cancro...

 

 

Hoje faleceu mais uma menina devido a um cancro. Um cancro chamado carcinoma mioepitelial. Chamava-se Inês. Tinha 16 anos. Andou na minha antiga escola e foi através de lá que eu conheci a história da luta contra esta doença.

Estou completamente incrédula. 16 anos... Tinha tanto para viver, tanto para fazer. Foi uma grande guerreira durante os 2 anos e tal em que lutou contra isto. Desde operações, quimioterapia, medicação experimental, viagens à Alemanha. Nunca vi aquela mãe, aquelas irmãs, aquela miúda desistir. Mesmo quando a maior vontade era baixar os braços e, simplesmente, chorar.

Foram feitas imensas ações de solidariedade para angariar dinheiro para que a Inês, o Raio de Luz como se foi dada a conhecer no facebook, pra ela conseguir fazer os tratamentos das células dendríticas. Rifas, concertos, sessões de teatro, workshops. Tudo dava para juntar mais um bocadinho. Tudo contribuía para se ganhar mais um bocadinho de esperança.

Essa esperança terminou hoje. Que sentido é que a vida tem quando rouba a uma família uma menina de 16 anos? Um poço de alegria, felicidade, boa disposição, energia. Uma menina que, mesmo nos dias mais difíceis, queria ir à escola, segundo os relatos da mãe, e que não queria deixar de fazer a sua vida normal por causa da doença.

Não consigo compreender. Não me cabe na cabeça que uma pessoa possa partir assim, de uma maneira tão cruel. A vida não pode ser justa. Deus, para quem acredita nele, tinha de ter uma boa razão para deixar que a Inês partisse assim... É uma altura inconsolável para qualquer pessoa...

Maldito Cancro...