Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida com dois sentidos

Vida com dois sentidos

Não há fim à vista.

 

 

                                              

A guerra nunca acabará. É uma utopia pensarmos que este mal acabará. Nunca acabará enquanto a Humanidade não progredir. Este mal começou muito antes dos atentados de Paris em novembro. Este mal entrou na nossa vida no 11 de setembro de 2001, em Nova Iorque. Em 2004, em Madrid. Em 2015, no Beirute e no Kuwait. Em 2016, em Bruxelas e em Ankara.

É de realçar que nem todos estes ataques foram terroristas. É de realçar que nem sempre é o Estado Islâmico que está à frente deste tipo de ataques. A Humanidade é responsável por isto. A Europa tem a sua quota de culpa em tudo o que tem acontecido. 

Somos uma fortaleza muito pouco forte. Tentámos passar uma imagem que está longe de ser a real. Somos os responsáveis de muitos destes ataques. Temos muito sangue nas mãos. Mais do que aquele de que temos noção. Nunca estaremos isentos de culpa. 

Todos os dias morrem milhares de pessoas por todo o Mundo. Vítimas de atrocidades destas ou de coisas parecidas. É um ciclo vicioso que não vai parar tão cedo. Somos muitos pequeninos ainda. Existem valores que deviam ser passados e que não o são. Existem valores que deviam sem completamente abolidos e continuam a ser espalhados como os mais corretos. Não há maneira de acabar com a guerra enquanto continuar a haver ódio no Homem. Enquanto existirem causas que levam homens à morte desnecessariamente, este mal nunca acabará.

Ontem foi só mais um exemplo de que a Humanidade regride todos os dias mais um bocadinho.