Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida com dois sentidos

Vida com dois sentidos

Pequena Nono

Conheci a história da pequena Nono num programa de televisão e, de imediato, fiquei tocada pela história dela, pelo que vinha a acompanhar a evolução desta pelo facebook. Uma menina de 4/5 anos que travava uma luta difícil contra um cancro agressivo. O que mais me marcou na imagem desta menina foi o sorriso. Não se conseguia ver ponta de tristeza naquele rosto. Toda ela era alegria, sorrisos, força para lutar e vencer esta doença tão horrível e desleal.

A Nono morreu ontem à noite e, neste momento, só penso no quanto a vida é injusta. Podem falar em Deus, em destinos, em tudo o que quiserem, mas não há qualquer tipo de explicação para a morte de uma menina de 5 nos que lutou tanto para vencer uma doença que destrói tudo e todos. Devia ter tido tempo para viver o melhor que a vida tem para oferecer. Devia ter tido tempo de vencer tudo e demonstrar como era guerreira. Porque o era sem qualquer tipo de dúvida.

Sinto revolta por as coisas serem assim. Por não haver hipótese de uma menina de 5 anos viver e muita gente que não merece nada continuar aí sem qualquer tipo de castigo.

A princesa Nono partiu, mas deixa cá todos os sorrisos e todo um exemplo de como aceitou a doença, mesmo sendo tão pequenina, e como sorriu mesmo quando tudo parecia estar contra ela.

Descansa em paz, pequena Nono*